Quarta-feira, 17 de Abril de 2024
JORNALISMO COM
RESPONSABILIDADE
Layer 2
This is an empty menu. Please make sure your menu has items.

Ex-Estoril Praia e Athletico, Fabiano Soares é o novo técnico do Tubarão

Treinador de 57 anos é um dos poucos brasileiros a possuir a Licença Pro da UEFA
Caio Maximiano

30 de março de 2024

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Foto: Divulgação

Fabiano Soares é o novo técnico do Tubarão. O treinador de 57 anos foi anunciado oficialmente neste sábado, dia 30. O profissional estava sem clube desde a saída do River-PI, em fevereiro, após a eliminação para o Ypiranga na primeira fase da Copa do Brasil.

O novo comandante do Peixe está na Espanha visitando seus familiares e desembarca na Cidade Azul nos próximos dias para dar início aos trabalhos. A apresentação do atletas deve acontecer entre os dias 8 e 15 de abril.

A estreia do Tubarão na Série B está agendada para o dia 26 de maio, diante do Santa Catarina, fora de casa. O reencontro com o torcedor acontece no dia 2 de junho, contra o Metropolitano, na Vila.

Com passagens por Coreia do Sul, Espanha e Portugal, Fabiano Soares assume comando do Tubarão. Foto: Divulgação/CA Tubarão

Leia também:

— Cadu Pereira, ex-Barra e Chapecoense, assume como novo executivo do Tubarão

— Com expectativa de aporte financeiro, Tubarão traça objetivo da temporada e planos para o futuro

— Tubarão promove melhorias no Domingos González visando a Série B do Estadual

Conheça o novo treinador do Tubarão

Natural de Mutum, em Minas Gerais, Fabiano Soares foi atleta e iniciou a carreira no Botafogo. Ele também passou pelo Cruzeiro antes de cruzar o Atlântico. Soares fez a maior parte da carreira na Espanha, onde vestiu as cores do Celta de Vigo e do SD Compostela, clube em que acumulou mais de 350 jogos e tornou-se ídolo.

Após a passagem pelo futebol europeu, Fabiano Soares retornou ao Brasil para atuar novamente no Botafogo, permanecendo por duas temporadas. Já em reta final de carreira, o meio-campista voltou ao Compostela e pendurou as chuteiras no Racing de Ferrol, em 2004, com 38 anos de idade.

Fabiano Soares construiu carreira na Espanha e virou ídolo do SD Compostela. Foto: Divulgação

Fora das quatro linhas: colega de Luis Enrique e Pep Guardiola na sala de aula

Fabiano Soares faz parte do seleto grupo de treinadores brasileiros a possuir a Licença Pro da UEFA, certificado que permite que os treinadores sejam contratados pelos clubes das principais ligas do mundo. Ele dividiu a sala de aula com Pep Guardiola e Luis Enrique, espanhóis que comandam Manchester City e PSG, respectivamente.

Sua trajetória fora das quatro linhas teve início em 2009, no Compostela, clube onde construiu a maior parte da carreira enquanto atleta. No ano seguinte, ele comandou o Estradense, também na Espanha.

Em 2011, o treinador aceitou novo desafio em Portugal como auxiliar do Estoril Praia. No time português, trabalhou ao lado de Marco Silva, atual técnico do Fulham, em mais de 100 partidas. Soares também compôs a comissão técnica de José Couceiro e de Vinícius Eutrópio. Ele assumiu o time em definitivo em 2014.

Como treinador principal do Estoril, entre 2014 e 2017, Fabiano Soares chegou a conquistar a vaga para a disputa da Liga Europa pelos Canarinhos. Ele deixou a equipe de Portugal para assumir o primeiro desafio no futebol brasileiro na função de treinador no comando do Athletico Paranaense.

Em Portugal, Fabiano Soares foi auxiliar e posteriormente assumiu o comando da equipe principal do Estoril. Foto: Divulgação

Desafio no Brasil e novas experiências fora da Europa

No Furacão, comandou a equipe em 26 jogos, conquistando 10 vitórias entre Campeonato Brasileiro e Libertadores. Ele deixou o clube paranaense após a temporada com a classificação para a Copa Sul-Americana.

Depois da primeira passagem pelo futebol brasileiro, Fabiano Soares voltou a trabalhar apenas em 2019, no Jeonnam Dragons, da segunda divisão da Coreia do Sul. Foram 21 partidas pelo time coreano.

Após deixar o continente asiático, o experiente treinador permaneceu sem clube por mais duas temporadas, quando aceitou a proposta do Barra para a Série B em 2021. O treinador trabalhou com Cadu Pereira, anunciado como executivo do Tubarão. No entanto, Soares não comandou a equipe na competição, já que deixou o Pescador duas semanas antes da estreia na segundona catarinense.

Em 2017, no primeiro trabalho como técnico, Soares comandou o Athletico-PR. Foto: Reprodução/GE

Trabalhos recentes

Nos últimos anos, Fabiano Soares comandou o Vitória em nove jogos na Série C do Brasileiro em 2022, posteriormente retornou ao Compostela, clube onde iniciou a trajetória como treinador, somando oito vitórias em 14 partidas. Seu trabalho mais recente foi no River, do Piauí, no início deste ano.

Fabiano Soares comandou o Galo em 10 partidas. Foram cinco vitórias, dois empates e três derrotas. Ele foi desligado do cargo após a eliminação para o Ypiranga na primeira fase da Copa do Brasil. Na ocasião, o River empatou em casa por 1 a 1 com o time de Erechim e se despediu da competição nacional.

Fabiano Soares comandou o River-PI no início da temporada 2024. Foto: Pablo Cavalcante

Participe do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IXhqnkE5fa30TJd1Yu8IW7

Nos acompanhe também nas redes sociais: Instagram | Twitter | Facebook

Notícias Relacionadas

Colunistas

Luciellen Lima
Luciellen Lima
Inclusão
Caio
Caio Maximiano
Esporte
Luiz Henrique
Luiz Henrique
Astrologia
Marcele Bressane
Marcela Bressane
Psicologia

Ex-Estoril Praia e Athletico, Fabiano Soares é o novo técnico do Tubarão

Treinador de 57 anos é um dos poucos brasileiros a possuir a Licença Pro da UEFA
Caio Maximiano

30 de março de 2024

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Foto: Divulgação

Fabiano Soares é o novo técnico do Tubarão. O treinador de 57 anos foi anunciado oficialmente neste sábado, dia 30. O profissional estava sem clube desde a saída do River-PI, em fevereiro, após a eliminação para o Ypiranga na primeira fase da Copa do Brasil.

O novo comandante do Peixe está na Espanha visitando seus familiares e desembarca na Cidade Azul nos próximos dias para dar início aos trabalhos. A apresentação do atletas deve acontecer entre os dias 8 e 15 de abril.

A estreia do Tubarão na Série B está agendada para o dia 26 de maio, diante do Santa Catarina, fora de casa. O reencontro com o torcedor acontece no dia 2 de junho, contra o Metropolitano, na Vila.

Com passagens por Coreia do Sul, Espanha e Portugal, Fabiano Soares assume comando do Tubarão. Foto: Divulgação/CA Tubarão

Leia também:

— Cadu Pereira, ex-Barra e Chapecoense, assume como novo executivo do Tubarão

— Com expectativa de aporte financeiro, Tubarão traça objetivo da temporada e planos para o futuro

— Tubarão promove melhorias no Domingos González visando a Série B do Estadual

Conheça o novo treinador do Tubarão

Natural de Mutum, em Minas Gerais, Fabiano Soares foi atleta e iniciou a carreira no Botafogo. Ele também passou pelo Cruzeiro antes de cruzar o Atlântico. Soares fez a maior parte da carreira na Espanha, onde vestiu as cores do Celta de Vigo e do SD Compostela, clube em que acumulou mais de 350 jogos e tornou-se ídolo.

Após a passagem pelo futebol europeu, Fabiano Soares retornou ao Brasil para atuar novamente no Botafogo, permanecendo por duas temporadas. Já em reta final de carreira, o meio-campista voltou ao Compostela e pendurou as chuteiras no Racing de Ferrol, em 2004, com 38 anos de idade.

Fabiano Soares construiu carreira na Espanha e virou ídolo do SD Compostela. Foto: Divulgação

Fora das quatro linhas: colega de Luis Enrique e Pep Guardiola na sala de aula

Fabiano Soares faz parte do seleto grupo de treinadores brasileiros a possuir a Licença Pro da UEFA, certificado que permite que os treinadores sejam contratados pelos clubes das principais ligas do mundo. Ele dividiu a sala de aula com Pep Guardiola e Luis Enrique, espanhóis que comandam Manchester City e PSG, respectivamente.

Sua trajetória fora das quatro linhas teve início em 2009, no Compostela, clube onde construiu a maior parte da carreira enquanto atleta. No ano seguinte, ele comandou o Estradense, também na Espanha.

Em 2011, o treinador aceitou novo desafio em Portugal como auxiliar do Estoril Praia. No time português, trabalhou ao lado de Marco Silva, atual técnico do Fulham, em mais de 100 partidas. Soares também compôs a comissão técnica de José Couceiro e de Vinícius Eutrópio. Ele assumiu o time em definitivo em 2014.

Como treinador principal do Estoril, entre 2014 e 2017, Fabiano Soares chegou a conquistar a vaga para a disputa da Liga Europa pelos Canarinhos. Ele deixou a equipe de Portugal para assumir o primeiro desafio no futebol brasileiro na função de treinador no comando do Athletico Paranaense.

Em Portugal, Fabiano Soares foi auxiliar e posteriormente assumiu o comando da equipe principal do Estoril. Foto: Divulgação

Desafio no Brasil e novas experiências fora da Europa

No Furacão, comandou a equipe em 26 jogos, conquistando 10 vitórias entre Campeonato Brasileiro e Libertadores. Ele deixou o clube paranaense após a temporada com a classificação para a Copa Sul-Americana.

Depois da primeira passagem pelo futebol brasileiro, Fabiano Soares voltou a trabalhar apenas em 2019, no Jeonnam Dragons, da segunda divisão da Coreia do Sul. Foram 21 partidas pelo time coreano.

Após deixar o continente asiático, o experiente treinador permaneceu sem clube por mais duas temporadas, quando aceitou a proposta do Barra para a Série B em 2021. O treinador trabalhou com Cadu Pereira, anunciado como executivo do Tubarão. No entanto, Soares não comandou a equipe na competição, já que deixou o Pescador duas semanas antes da estreia na segundona catarinense.

Em 2017, no primeiro trabalho como técnico, Soares comandou o Athletico-PR. Foto: Reprodução/GE

Trabalhos recentes

Nos últimos anos, Fabiano Soares comandou o Vitória em nove jogos na Série C do Brasileiro em 2022, posteriormente retornou ao Compostela, clube onde iniciou a trajetória como treinador, somando oito vitórias em 14 partidas. Seu trabalho mais recente foi no River, do Piauí, no início deste ano.

Fabiano Soares comandou o Galo em 10 partidas. Foram cinco vitórias, dois empates e três derrotas. Ele foi desligado do cargo após a eliminação para o Ypiranga na primeira fase da Copa do Brasil. Na ocasião, o River empatou em casa por 1 a 1 com o time de Erechim e se despediu da competição nacional.

Fabiano Soares comandou o River-PI no início da temporada 2024. Foto: Pablo Cavalcante

Participe do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IXhqnkE5fa30TJd1Yu8IW7

Nos acompanhe também nas redes sociais: Instagram | Twitter | Facebook