Sexta-feira, 24 de Maio de 2024
JORNALISMO COM
RESPONSABILIDADE
Layer 2
This is an empty menu. Please make sure your menu has items.

Tubarão promove melhorias no Domingos González visando a Série B do Estadual

Alojamento passou por reformas. Estádio vai receber uma arquibancada móvel e outras melhorias
Caio Maximiano

21 de março de 2024

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Foto: Caio Maximiano | Portal Infosul

Para a disputa da Série B do Campeonato Catarinense, que tem início marcado para o fim de maio, o Tubarão vem promovendo melhorias nas dependências do Domingos González.

Algumas obras já foram finalizadas, como a reforma do alojamento e do banheiro feminino. Outros ajustes serão feitos até a estreia do Peixe na competição estadual.

As melhorias visam trazer maior conforto aos torcedores que vão acompanhar os quatro jogos do Tubarão como mandante no Estadual. Serão quatro jogos: Metropolitano (2/6), Carlos Renaux (9/6), Juventus de Jaraguá (30/6) e Caravaggio (14/07).

Arquibancadas: mandante e visitante

Uma das principais mudanças para a temporada 2024 é que a arquibancada coberta voltará a ser ocupada somente pelos torcedores mandantes. No ano passado, o clube precisou reduzir a capacidade total de 1.800 para destinar um espaço aos visitantes no canto direito.

Neste ano, os visitantes ficarão em uma arquibancada móvel provisória que será instalada próximo ao gol dos fundos do estádio, com capacidade para 200 pessoas. Clube deve receber a estrutura nos próximos dias.

Além das mudanças nas arquibancadas, o Peixe também fará obras fora das quatro linhas. De fora a fora, nas proximidades do alambrado atrás do gol (entrada do estádio) até o corredor em frente à arquibancada coberta, será colocado concreto linear. Objetivo é evitar lama em dias de chuva para que os torcedores possam acompanhar o jogo sem transtornos.

Arquibancada coberta será destinada aos mandantes. Visitantes terão um espaço atrás do gol. Fotos: Caio Maximiano/Portal Infosul

Alojamento reformado

Das obras finalizadas, a principal delas é a reforma do alojamento. O local passou por melhorias, tendo capacidade para receber quase 100 atletas – os que ficarão alojados durante a Série B e os garotos da base na disputa da Copa Santa Catarina Sub-17.

Para os jogadores profissionais, são 12 quartos duplos com ar-condicionado e mais três quartos quádruplos. O espaço possui ainda 15 quartos quádruplos para os atletas das categorias de base. A capacidade total é de 96 pessoas.

A revitalização do alojamento é um dos passos para o Tubarão recuperar o selo de Clube Formador da CBF, conquistado em 2018 e perdido em 2020. O alojamento está entre as várias exigências da entidade máxima do futebol para credenciar os clubes.

Pequenos ajustes

Outras pequenas obras também foram realizadas no complexo esportivo da Vila Oficinas, na parte externa do estádio (pintura e melhorias) e no banheiro feminino do estádio.

Dois meses antes da estreia, Peixe promove melhorias nas estruturas do Domingos González. Foto: Caio Maximiano/Portal Infosul

Boteco da Vila

O Peixe também planeja instalar um bar para os torcedores no contêiner onde está instalado a loja do clube dentro do estádio Domingos González. A ideia é que o local para confraternização faça divisão com o espaço para venda dos produtos do clube.

Tubarão pretende instalar um bar para os torcedores anexo à loja do clube. Foto: Caio Maximiano/Portal Infosul

Plano de sócio

O plano de sócio torcedor do Tubarão deve ser lançado em abril e com novidades. Diretoria entende que o valor do pacote do ano passado foi elevado, mas que era necessário pelo momento de reconstrução. Cenário atual é visto de outra forma.

Investimento na Série B

Peixe trabalha com um teto inicial de R$ 500 mil de investimento para a disputa da segunda divisão. Objetivo é a conquista do retorno para a Série A. Há o entendimento de que se for necessário investir mais, será feito, mas sem loucuras.

Treinador

A diretoria do Tubarão não esconde que Waguinho Dias é o grande sonho. Técnico teve passagem vitoriosa pelo time tricolor, conquistando a Copa Santa Catarina em 2017. Mas, o clube tubaronense entende que a possibilidade atualmente é inviável, visto que o treinador está em alta após o grande trabalho realizado no Marinheiro.

Waguinho se despediu do Marcílio Dias em coletiva nesta quarta-feira, dia 20, e viajou para São Paulo, onde reside.

Clube quer fechar com o executivo antes de abrir conversa com qualquer treinador.

Waguinho Dias foi campeão da Copa Santa Catarina pelo Tubarão em 2017. Foto: Comunicação CAT

Executivo

Peixe mantém conversas com alguns profissionais e espera anunciar nos próximos dias.

Felipe Gil recebeu uma ligação do clube, mas a situação, por ora, não avançou.

Sobre Fernando Gil, houve sim um contato do Tubarão com o diretor executivo do Marcílio Dias, mas a pauta era outra: contratação de jogadores. Atletas com contrato vigente serão emprestados pelo Marinheiro para a sequência da temporada. O Peixe observa alguns nomes.

O agora e o depois

Clube pretende, por ora, seguir com o modelo atual de gestão. José Martins segue na presidência. Juliano Mendes é o vice-presidente e também investidor. O clube terá um aporte financeiro de um investidor que não será revelado em um primeiro momento. Para o futuro, a ideia é virar SAF, com Juliano Mendes sendo o administrador.

Juliano Mendes (à esquerda) é o vice-presidente e um dos investidores do Tubarão para a temporada 2024. Foto: Divulgação

Planos a longo prazo

Para o futuro, a ideia do Tubarão é ampliar a capacidade do Domingos González com a instalação de arquibancadas. A prioridade é a arquibancada visitante para 600 lugares no espaço localizado à esquerda do Camarote Delfim de Pádua Peixoto Filho (contêiner).

Também está prevista para o futuro arquibancada mandante atrás do gol (fundos do estádio) e ainda do lado direito do contêiner, formando uma espécie de ferradura (estilo São Januário). O clube também pretende reestruturar o refeitório.

Investimento total é de cerca de R$ 1,5 milhão, mas o assunto será discutido apenas no futuro.

Planos futuros: Tubarão deseja ampliar capacidade do Domingos González com instalação de arquibancadas. Foto: Caio Maximiano/Portal Infosul

Participe do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IXhqnkE5fa30TJd1Yu8IW7

Nos acompanhe também nas redes sociais: Instagram | Twitter | Facebook

Notícias Relacionadas

Colunistas

Marcele Bressane
Marcela Bressane
Psicologia
Luiz Henrique
Luiz Henrique
Astrologia
Caio
Caio Maximiano
Esporte
Luciellen Lima
Luciellen Lima
Inclusão

Tubarão promove melhorias no Domingos González visando a Série B do Estadual

Alojamento passou por reformas. Estádio vai receber uma arquibancada móvel e outras melhorias
Caio Maximiano

21 de março de 2024

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Foto: Caio Maximiano | Portal Infosul

Para a disputa da Série B do Campeonato Catarinense, que tem início marcado para o fim de maio, o Tubarão vem promovendo melhorias nas dependências do Domingos González.

Algumas obras já foram finalizadas, como a reforma do alojamento e do banheiro feminino. Outros ajustes serão feitos até a estreia do Peixe na competição estadual.

As melhorias visam trazer maior conforto aos torcedores que vão acompanhar os quatro jogos do Tubarão como mandante no Estadual. Serão quatro jogos: Metropolitano (2/6), Carlos Renaux (9/6), Juventus de Jaraguá (30/6) e Caravaggio (14/07).

Arquibancadas: mandante e visitante

Uma das principais mudanças para a temporada 2024 é que a arquibancada coberta voltará a ser ocupada somente pelos torcedores mandantes. No ano passado, o clube precisou reduzir a capacidade total de 1.800 para destinar um espaço aos visitantes no canto direito.

Neste ano, os visitantes ficarão em uma arquibancada móvel provisória que será instalada próximo ao gol dos fundos do estádio, com capacidade para 200 pessoas. Clube deve receber a estrutura nos próximos dias.

Além das mudanças nas arquibancadas, o Peixe também fará obras fora das quatro linhas. De fora a fora, nas proximidades do alambrado atrás do gol (entrada do estádio) até o corredor em frente à arquibancada coberta, será colocado concreto linear. Objetivo é evitar lama em dias de chuva para que os torcedores possam acompanhar o jogo sem transtornos.

Arquibancada coberta será destinada aos mandantes. Visitantes terão um espaço atrás do gol. Fotos: Caio Maximiano/Portal Infosul

Alojamento reformado

Das obras finalizadas, a principal delas é a reforma do alojamento. O local passou por melhorias, tendo capacidade para receber quase 100 atletas – os que ficarão alojados durante a Série B e os garotos da base na disputa da Copa Santa Catarina Sub-17.

Para os jogadores profissionais, são 12 quartos duplos com ar-condicionado e mais três quartos quádruplos. O espaço possui ainda 15 quartos quádruplos para os atletas das categorias de base. A capacidade total é de 96 pessoas.

A revitalização do alojamento é um dos passos para o Tubarão recuperar o selo de Clube Formador da CBF, conquistado em 2018 e perdido em 2020. O alojamento está entre as várias exigências da entidade máxima do futebol para credenciar os clubes.

Pequenos ajustes

Outras pequenas obras também foram realizadas no complexo esportivo da Vila Oficinas, na parte externa do estádio (pintura e melhorias) e no banheiro feminino do estádio.

Dois meses antes da estreia, Peixe promove melhorias nas estruturas do Domingos González. Foto: Caio Maximiano/Portal Infosul

Boteco da Vila

O Peixe também planeja instalar um bar para os torcedores no contêiner onde está instalado a loja do clube dentro do estádio Domingos González. A ideia é que o local para confraternização faça divisão com o espaço para venda dos produtos do clube.

Tubarão pretende instalar um bar para os torcedores anexo à loja do clube. Foto: Caio Maximiano/Portal Infosul

Plano de sócio

O plano de sócio torcedor do Tubarão deve ser lançado em abril e com novidades. Diretoria entende que o valor do pacote do ano passado foi elevado, mas que era necessário pelo momento de reconstrução. Cenário atual é visto de outra forma.

Investimento na Série B

Peixe trabalha com um teto inicial de R$ 500 mil de investimento para a disputa da segunda divisão. Objetivo é a conquista do retorno para a Série A. Há o entendimento de que se for necessário investir mais, será feito, mas sem loucuras.

Treinador

A diretoria do Tubarão não esconde que Waguinho Dias é o grande sonho. Técnico teve passagem vitoriosa pelo time tricolor, conquistando a Copa Santa Catarina em 2017. Mas, o clube tubaronense entende que a possibilidade atualmente é inviável, visto que o treinador está em alta após o grande trabalho realizado no Marinheiro.

Waguinho se despediu do Marcílio Dias em coletiva nesta quarta-feira, dia 20, e viajou para São Paulo, onde reside.

Clube quer fechar com o executivo antes de abrir conversa com qualquer treinador.

Waguinho Dias foi campeão da Copa Santa Catarina pelo Tubarão em 2017. Foto: Comunicação CAT

Executivo

Peixe mantém conversas com alguns profissionais e espera anunciar nos próximos dias.

Felipe Gil recebeu uma ligação do clube, mas a situação, por ora, não avançou.

Sobre Fernando Gil, houve sim um contato do Tubarão com o diretor executivo do Marcílio Dias, mas a pauta era outra: contratação de jogadores. Atletas com contrato vigente serão emprestados pelo Marinheiro para a sequência da temporada. O Peixe observa alguns nomes.

O agora e o depois

Clube pretende, por ora, seguir com o modelo atual de gestão. José Martins segue na presidência. Juliano Mendes é o vice-presidente e também investidor. O clube terá um aporte financeiro de um investidor que não será revelado em um primeiro momento. Para o futuro, a ideia é virar SAF, com Juliano Mendes sendo o administrador.

Juliano Mendes (à esquerda) é o vice-presidente e um dos investidores do Tubarão para a temporada 2024. Foto: Divulgação

Planos a longo prazo

Para o futuro, a ideia do Tubarão é ampliar a capacidade do Domingos González com a instalação de arquibancadas. A prioridade é a arquibancada visitante para 600 lugares no espaço localizado à esquerda do Camarote Delfim de Pádua Peixoto Filho (contêiner).

Também está prevista para o futuro arquibancada mandante atrás do gol (fundos do estádio) e ainda do lado direito do contêiner, formando uma espécie de ferradura (estilo São Januário). O clube também pretende reestruturar o refeitório.

Investimento total é de cerca de R$ 1,5 milhão, mas o assunto será discutido apenas no futuro.

Planos futuros: Tubarão deseja ampliar capacidade do Domingos González com instalação de arquibancadas. Foto: Caio Maximiano/Portal Infosul

Participe do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IXhqnkE5fa30TJd1Yu8IW7

Nos acompanhe também nas redes sociais: Instagram | Twitter | Facebook