Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2024
JORNALISMO COM
RESPONSABILIDADE
Layer 2
This is an empty menu. Please make sure your menu has items.

[VÍDEO]: Mulher que agrediu casal gay em São Paulo é acusada de golpe de R$ 200 mil em Tubarão

Conforme levantamento, a empresária foi contratada para fazer anúncios na internet e não entregou os trabalhos. Ela ainda teria ameaçado e extorquido o contratante tubaronense.
infosul

9 de fevereiro de 2024

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Foto: reprodução

A empresária Jaqueline Santos Ludovico, de 33 anos, investigada pela Polícia Civil após aparecer em um vídeo agredindo e ofendendo um casal gay em uma padaria de São Paulo, também é acusada de aplicar um golpe de R$ 200 mil em Tubarão.

De acordo com levantamento realizado pelo jornal O Globo, Jaqueline é dona de uma empresa de marketing e foi contratada, em 2021, por um cliente na Cidade Azul para fazer anúncios na internet.

Mesmo sem ver os anúncios no ar, o contratante diz ter feito pagamentos esporádicos à empresária. Ao perceber que a publicidade não estava sendo feita, ele pediu à Justiça a devolução de um total de R$ 200 mil.

Segundo o processo, Jaqueline não conseguiu comprovar que fez os anúncios contratados. Ela teve duas contas bancárias bloqueadas, mas seu saldo era de pouco mais de R$ 5 mil.

O contratante disse à Justiça, ainda, que foi ameaçado e extorquido por Jaqueline para fazer os depósitos, caso contrário o nome da empresa seria colocado em uma lista da Receita Federal. O processo ainda tramita na Justiça de Santa Catarina.

As acusações que pesam sobre Jaqueline Santos Ludovico são de extorsão, ameaça e participação em um esquema conhecido como “golpe da publicidade”.

Participe do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IXhqnkE5fa30TJd1Yu8IW7

Nos acompanhe também nas redes sociais: Instagram | Twitter | Facebook

Notícias Relacionadas

Colunistas

Luciellen Lima
Luciellen Lima
Inclusão
Caio
Caio Maximiano
Esporte
Marcele Bressane
Marcela Bressane
Psicologia
Luiz Henrique
Luiz Henrique
Astrologia

[VÍDEO]: Mulher que agrediu casal gay em São Paulo é acusada de golpe de R$ 200 mil em Tubarão

Conforme levantamento, a empresária foi contratada para fazer anúncios na internet e não entregou os trabalhos. Ela ainda teria ameaçado e extorquido o contratante tubaronense.
infosul

9 de fevereiro de 2024

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Foto: reprodução

A empresária Jaqueline Santos Ludovico, de 33 anos, investigada pela Polícia Civil após aparecer em um vídeo agredindo e ofendendo um casal gay em uma padaria de São Paulo, também é acusada de aplicar um golpe de R$ 200 mil em Tubarão.

De acordo com levantamento realizado pelo jornal O Globo, Jaqueline é dona de uma empresa de marketing e foi contratada, em 2021, por um cliente na Cidade Azul para fazer anúncios na internet.

Mesmo sem ver os anúncios no ar, o contratante diz ter feito pagamentos esporádicos à empresária. Ao perceber que a publicidade não estava sendo feita, ele pediu à Justiça a devolução de um total de R$ 200 mil.

Segundo o processo, Jaqueline não conseguiu comprovar que fez os anúncios contratados. Ela teve duas contas bancárias bloqueadas, mas seu saldo era de pouco mais de R$ 5 mil.

O contratante disse à Justiça, ainda, que foi ameaçado e extorquido por Jaqueline para fazer os depósitos, caso contrário o nome da empresa seria colocado em uma lista da Receita Federal. O processo ainda tramita na Justiça de Santa Catarina.

As acusações que pesam sobre Jaqueline Santos Ludovico são de extorsão, ameaça e participação em um esquema conhecido como “golpe da publicidade”.

Participe do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IXhqnkE5fa30TJd1Yu8IW7

Nos acompanhe também nas redes sociais: Instagram | Twitter | Facebook