Tubarão sinaliza retorno aos trabalhos em 2022 com “novos investimentos”

Foto: Comunicação CA Tubarão

Tudo leva a crer que teremos futebol no Domingos Gonzalez em 2022. Os dirigentes do Tubarão já estão se preparando para voltar aos trabalhos nos primeiros dias do mês de janeiro. A prioridade neste retorno será o planejamento para a disputa da Série B do Catarinense. Ainda antes do fim do ano, já está programada uma repaginada geral nas estruturas da Vila. Sem receber partidas desde setembro, o estádio necessita de algumas melhorias, como a limpeza e pintura das salas e vestiários, além dos reparos no gramado. Alguns destes trabalhos até já foram iniciados durante a semana.

Procurado pela reportagem do Portal Infosul, Joca Zappoli, presidente do Tubarão SPE, revelou que a volta aos treinos devem ser agendadas para o mês de fevereiro. "Deve acontecer em meados de fevereiro. Dependemos da confirmação das datas das competições de base e da Série B do Catarinense. Mas a partir de janeiro já iniciaremos os trabalhos de reestruturação para colocarmos as coisas em ordem no clube". Questionado se o retorno aos trabalhos seria viabilizado pelo aporte de pessoas do próprio clube, do Grupo Baltoro ou de novos investidores, Joca respondeu sem maiores detalhes. "Estão vindo novos investimentos", resumiu. Nas últimas semanas, se comentou a possibilidade da chegada de novos investidores ao Domingos Gonzalez, mas os representantes do clube não se pronunciaram em relação ao assunto.

Para disputar novamente a segundona catarinense, o Tubarão será obrigatoriamente submetido a uma grande reformulação. Novos nomes para os cargos de técnico e diretor de futebol terão que ser buscados após a saída de Abel Ribeiro para o Figueirense. Ele acumulava as duas funções. O mesmo acontece com o elenco, já que poucos atletas permaneceram vinculados ao clube com o término da última competição.

Na próxima edição da Série B do Catarinense, que deve ser confirmada para abril, estarão na briga pelo acesso à elite do futebol catarinense: Atlético Catarinense, Blumenau, Caravaggio, Carlos Renaux, Criciúma, Guarani, Inter de Lages, Metropolitano, Nação e Tubarão.