Tubarão define planejamento para 2022 em reunião com presidente do Grupo Baltoro

Foto: Divulgação

Um encontro importante foi realizado nesta quarta-feira (26), no Estádio Domingos González, no bairro Oficinas. Dirigentes e conselheiros da parte associativa do Tubarão se reuniram com representantes do Grupo Baltoro. A reunião contou até com a presença do sul-coreano Ung Zoo Kim, presidente da empresa gestora da equipe tubaronense, e que esteve longe dos holofotes do clube desde o início da Sociedade de Propósito Específico (SPE). Outro que participou do encontro foi empresário francês Nadir Bosch, ex-fundista e ex-cônsul da França no Brasil, que deve atuar como diretor comercial do Tubarão na retomada dos trabalhos.

O assunto principal foi o planejamento do Tubarão para 2022, já que a partir de maio o clube disputa a Série B do Campeonato Catarinense no profissional e no sub-20. A fórmula de disputa e os clubes participantes de cada competição foram confirmados no Conselho Técnico do último dia 19, na sede da Federação Catarinense de Futebol (FCF), em Balneário Camboriú.

O Peixe definiu o retorno das atividades para a semana que vem, na próxima terça-feira, dia 1° de fevereiro. A ideia é iniciar os trabalhos com atletas da categoria sub-20, que devem se apresentar ao longo da semana. O treinador para o sub-20 já está definido, mas o nome não foi revelado. Outra categoria que está nos planos do Tubarão para o ano de 2022 é o sub-17. Uma peneira para recrutar atletas da região deve ser realizada pela equipe tricolor nos próximos meses.

Em relação ao comando do Tubarão SPE, o ex-jogador de vôlei Roberto Minuzzi está confirmado na presidência e permanece no cargo pelo menos até o início da Série B do Campeonato Catarinense, no dia 29 de maio. O Infosul apurou com pessoas ligadas ao Tubarão que Minuzzi assumiu o clube, neste primeiro momento, de forma interina. A ideia é que o vice-presidente do Grupo Baltoro dê lugar a um nome definitivo a partir do mês de abril.

A respeito do futebol profissional, o planejamento traçado é de que o retorno seja em abril, pouco mais de um mês antes da estreia na Série B do Campeonato Catarinense. O orçamento para a temporada 2022 é de R$ 6 milhões, sendo R$ 3 milhões para o futebol em geral e outros R$ 3 milhões para o equacionamento das dívidas.

Clique aqui e siga o perfil do Portal Infosul no Instagram.

Participe do grupo de WhatsApp do Portal Infosul e fique sempre atualizado do que acontece na região: https://chat.whatsapp.com/EhO3X1Z07wbEQ28ZrgkXvs