Polícia Civil de Laguna indicia três pessoas por estelionato contra administração pública

Foto: Divulgação

Três pessoas foram indiciadas por estelionato contra a administração pública e uso de documentos falsos. O inquérito policial conduzido pela Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da delegacia de Laguna, concluiu que gerou um prejuízo de pelo menos R$ 20.400 aos cofres públicos do Estado. O caso foi encaminhado ao Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) para apreciação.

De acordo com os investigadores, os indiciados foram contratados pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) para realizar um evento religioso em 2018. Para isso, formalizaram um projeto orçando os gastos que teriam, incluindo a contratação de bandas. Eles receberam R$ 317 mil pela prestação do serviço.

Segundo os elementos colhidos durante a apuração dos fatos, verificou-se que ao menos sete bandas foram contratadas e pagas para trabalhar por valores inferiores aos que constavam no projeto inicial do evento e que, posteriormente, foram informados em prestação de contas realizada perante a FCC, gerando um prejuízo de R$ 20.400.

Clique Aqui e siga o perfil do Portal Infosul no Instagram.

Participe do grupo de WhatsApp do Portal Infosul e fique sempre atualizado do que acontece na região: https://chat.whatsapp.com/EhO3X1Z07wbEQ28ZrgkXvs