No twitter, Moisés diz que máscaras não serão exigidas em praias; texto vai contra lei sancionada por Bolsonaro

Foto: reprodução

O governador Carlos Moisés (PSL) afirmou em sua conta oficial no twitter, que o uso de máscaras não será uma exigência na faixa de areias das praias de Santa Catarina. Entretanto, ressaltou que “o distanciamento social pode fazer toda diferença para manter a Covid-19 longe da sua família”. A declaração do gestor chamou atenção em virtude das regras sanitárias para as praias, rios, lagos e lagoas em todo o Estado, divulgadas um dia antes do tweet em questão.

Na arte publicada pelo próprio Governo do Estado a orientação é que o uso de máscara é obrigatório, só podendo ser retirada quando o banhista estiver dentro da água. Confira:

Segundo apuração da NSC o assunto chegou a ser discutido internamente no governo, que pretendia recomendar o uso do artefato, no entanto, o entendimento foi que o Estado não poderia contrariar a lei federal, sancionada em julho pelo presidente Jair Bolsonaro, que estabelece o uso obrigatório de máscaras em todo o território nacional. Desta forma, o assunto não chegou a ser abordado na portaria publicada pelo governo de Santa Catarina no dia 23 de dezembro, que estabeleceu regras para permanência nas praias.