Morre Waldomir Silvestre, funcionário da Rádio Tubá desde 1986, vítima do novo coronavírus

Mais um morador de Tubarão não resistiu às complicações da Covid-19. Waldomir Silvestre, de 60 anos, morreu no Hospital Regional de Araranguá, nesta segunda-feira, dia 21 de dezembro.

Há 15 dias Waldomir foi internado em um hospital de Tubarão, mas precisou ser atendido em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), quando foi transferido para o Hospital São José, em Criciúma. Lá, apresentou melhora e chegou receber alta do intensivo. Poucos dias depois, seu quadro de saúde voltou a piorar ele e precisou ser entubado novamente. Desta vez, por falta de leitos de UTI em Criciúma, precisou ser levado ao hospital de Araranguá, mas acabou não resistindo.

Waldomir Silvestre atuava como técnico na Rádio Tubá, em Tubarão, desde 1986. Ele era um dos funcionários mais antigos da emissora e deixa esposa e um filho. Segundo informações repassadas pela Tubá, o corpo de Waldomir será cremado nesta terça-feira, dia 22, em Capivari de Baixo. Antes do ato, uma cerimônia de despedida será realizada.