Melhorias no Aeroporto de Jaguaruna devem ser executadas em breve

Foto: reprodução

O Aeroporto Regional Sul Humberto Ghizzo Bortoluzzi, em Jaguaruna, continua tentando recuperar sua operacionalidade aos poucos. Com o início da pandemia de Covid-19 no Brasil no ano passado (2020), o setor da aviação foi um dos mais impactados. No regional, por exemplo, os voos da Latam e Azul foram cancelados temporariamente. A primeira empresa retornou às atividades, entretanto, a Azul Linhas Aéreas permanece sem operação no Bortoluzzi.

Em entrevista ao programa Agora, do grupo 4oito, o Diretor da empresa administradora da RDL, André Constanzo, disse que no mês passado esteve reunido com o secretário Estadual de Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, e que ele demonstrou interesse em realizar melhorias no aeroporto. “Nós ainda estamos em busca de resgatar a normalidade, de resgatar aquele movimento que a gente tinha em 2019”, disse Constanzo à reportagem do 4oito.

Entre as necessidades citadas estão a substituição da escada rolante e o alongamento e alargamento da pista de pouso. A empresa que desenvolveu e realizou a instalação da escada já não atua mais no país e, por essa razão, torna a substituição de peças inviável. Para essa situação, foi solicitada a abertura de um processo licitatório. Já o alongamento e alargamento da pista de pouso seria para atrair o mercado de cargas, tendo em vista que o regional fica localizado próximo a porto, ferrovia e rodovia, sendo estratégico para a atividade.

Retorno da Azul Linhas Aéreas

Após várias remarcações de retorno, a expectativa e que a Azul volte a operar no Regional Sul no mês de março, dia 8. Antes, a data era prevista para fevereiro. Embora o motivo do novo adiamento não tenha sido revelado à direção do aeroporto, comumente o início do ano há queda na procura de voos do Sul com destino a São Paulo. Essa pode ter sido a razão da nova agenda. A Azul parou de operar em Jaguaruna em abril, em virtude da pandemia.