Medicamento em Casa: programa é rejeitado na Câmara de Capivari de Baixo

Foto: reprodução

A Casa Legislativa de Capivari de Baixo rejeitou o projeto de Lei do vereador Fernando Oliveira da Silva Júnior (PSDB), que tinha como objetivo instituir o programa ‘Medicamento em Casa’ no município. Comum em diversas cidades do Estado, a iniciativa possibilitaria que pessoas idosas, com deficiência ou mobilidade reduzida, portadores de doenças crônicas e usuários da rede municipal de saúde, recebessem em casa os remédios de uso contínuo que lhes foram prescritos em tratamento regular.

Entre as justificativas para a negativa, os edis alegaram a necessidade de um profissional farmacêutico para fazer a entrega das medicações, a contratação de um motorista e os custos com combustíveis, o que geraria um custo elevado para o poder Executivo. O autor do projeto contestou a afirmação dos parlamentares. Para ele, o serviço seria realizado em dias e horários específicos.

FAVORÁVEIS AO PROJETO

Fernando Oliveira da Silva Júnior (PSDB)
Eraldo dos Santos (PDT)
Edcarla Betencourt (PSDB)
Wanei Fernandes (PSL)
Bia Alves (PSL)

CONTRÁRIOS AO PROJETO

Elto Aguiar Ramos (PL)
Heloisa Cardoso dos Santos Pereira (CIDADANIA)
José Adilson Vieira Freitas (PDT)
Lucas Silveira Stange (PL)
Pedro Medeiros Camilo (PP)
Valtemir Aguiar Feliciano (PODEMOS)

Clique Aqui e siga o perfil do Portal Infosul no Instagram.

Participe do grupo de WhatsApp do Portal Infosul e fique sempre atualizado do que acontece na região: https://chat.whatsapp.com/EhO3X1Z07wbEQ28ZrgkXvs