Marcele Bressane: Causa Animal: uma questão urgente!

Foto: reprodução

No último sábado, dia 20, foi encontrado uma rinha de galo aqui em Tubarão e cada vez que leio isso fico muito indignada de como há pessoas que podem se divertir vendo um animal sofrendo. Como podem gostar de algo que faz tão mal a um ser vivo. Nesta rinha foi encontrado animais machucados, com bicos quebrados, sem penas. Animais estressados, cansados. Animais que não queriam estar fazendo aquilo, mas por pressão, falta de comida e carinho, se tornaram violentos. Galos e galinhas são seres super sociáveis, adoram companhia e carinho. Tratam seus pintinhos embaixo do braço, cuidam e preservam a família. E mesmo assim, são vistos desta forma, violentos e que merecem estarem em uma rinha.

Compreendo que minha visão em relação aos animais é diferente de muitos que estão lendo esta coluna. Sou vegana há seis anos, ou seja, retirei tudo que há de animais de minha alimentação, meus objetos e saúde. Acredito que podemos viver muito bem sem explorar nenhum animal. Podemos nos divertir sem ir ao um circo que trabalha com animais, ir num zoológico que trancafia animais ou uma rinha que os machuca e os enclausura. Sei que minha ideia é diferente, muito diferente. E não quero te forçar a pensar igual a mim. Só gostaria que começássemos a olhar estes animais com empatia e amor.

Muitos de nós temos cachorros e gatos. Os amamos, tratamos eles como família. Temos carinho, paixão. Acho isso lindo, e super necessário. Eles merecem todo nosso amor e admiração. Cachorros e gatos são geniais e muito companheiros. Não consigo imaginar minha vida sem a minha cachorra. Contudo, queria muito que começássemos a olhar as galinhas, as vacas, os porcos do mesmo jeito, ou um pouco melhor.

Você sabia que vacas têm melhores amigas? E que sofrem quando a melhor amiga, falece. Que porcos odeiam ficar sujos, quando estão em seu habitat natural, sempre estão se esfregando no mato para se limparem. Que ovelhas, amam carinho e brincar de pular. Muito parecidos com seus cachorros e gatos, não?

Precisamos ter mais empatia, paciência e amor. Tanto com humanos, quanto com animais. Precisamos perceber que não tem como vivermos sem a Amazônia, assim, o desmatamento que ocorre lá é nossa preocupação diária. O lixo já está invadindo nossos centros, não dá mais. Vamos começar a reciclar, e usar menos lixo. Acredito muito que somos a geração que irá mudar o mundo, torço que sejamos. Assim, que tal iniciar hoje? Lutar contra rinhas, jogar lixo no lixo, andar de bicicleta ao invés de usar carro. Cuidar da nossa natureza e dos animais que vivem nela, é cuidar de nós e do nosso futuro. Desta forma, estar com a terapia em dia é maravilhoso, mas estar com a natureza cuidada é essencial para dias melhores.

Chega de violência contra os animais.

Clique Aqui e siga o perfil do Portal Infosul no Instagram.

Participe do grupo de WhatsApp do Portal Infosul e fique sempre atualizado do que acontece na região: https://chat.whatsapp.com/EhO3X1Z07wbEQ28ZrgkXvs