Sábado, 20 de Julho de 2024
JORNALISMO COM
RESPONSABILIDADE
Layer 2
This is an empty menu. Please make sure your menu has items.

Comissão da Câmara aprova projeto que proíbe casamento entre pessoas do mesmo sexo

O relator da proposta, Pastor Eurico (PL-PE), defende que “as relações homossexuais não proporcionam o ganho social” e, por isso, não podem contribuir “para a substituição geracional”.
infosul

10 de outubro de 2023

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Foto: Chuchart Duangdaw/Getty Images

A Comissão de Previdência, Assistência Social, Infância, Adolescência e Família da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira, dia 10 de outubro, o projeto de lei que desconsidera e proíbe o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo.

Foram 12 votos favoráveis e cinco contrários.

Para se tornar lei, a proposta ainda precisa passar pela Comissão de Direitos Humanos e também pela Comissão de Constituição e Justiça. Caso o texto seja aprovado nessas comissões, seguirá para o Senado.

O relator da proposta, Pastor Eurico (PL-PE), defende que “nenhuma relação entre pessoas do mesmo sexo pode ser equiparada ao casamento, à união estável e à entidade familiar”. Ele ainda argumenta que “as relações homossexuais não proporcionam o ganho social” e, por isso, não podem contribuir “para a substituição geracional”.

Caso seja sancionado, o projeto impacta decisões sobre a dependência econômica, pensão, herança, entre outros. Direitos esses que são garantidos às uniões homoafetivas desde 2011 por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), em entendimento ao que diz o Artigo 5º da Constituição Federal, que todos são iguais perante a lei.

Veja como foi o placar:

VOTOS FAVORÁVEIS AO PROJETO

– André Ferreira (PL-PE);
– Chris Tonietto (PL-RJ);
– Clarissa Tércio (PP-PE);
– Dr. Jaziel (PL-CE);
– Eli Borges (PL-TO);
– Filipe Martins (PL-TO);
– Messias Donato (Republicanos-ES);
– Pastor Eurico (PL-PE);
– Pastor Isidório (Avante-BA);
– Rogéria Santos (Republicanos-BA);
– Cristiane Lopes (União Brasil-RO);
– Priscila Costa (PL-CE).

VOTOS CONTRÁRIOS AO PROJETO

– Erika Hilton (Psol-SP);
– Erika Kokay (PT-DF);
– Laura Carneiro (PSD-RJ);
– Pastor Henrique Vieira (Psol-RJ);
– Tadeu Veneri (PT-PR).

Participe do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IXhqnkE5fa30TJd1Yu8IW7

Nos acompanhe também nas redes sociais: Instagram | Twitter | Facebook

Notícias Relacionadas

Colunistas

Marcele Bressane
Marcela Bressane
Psicologia
Caio
Caio Maximiano
Esporte
Luciellen Lima
Luciellen Lima
Inclusão
Luiz Henrique
Luiz Henrique
Astrologia

Comissão da Câmara aprova projeto que proíbe casamento entre pessoas do mesmo sexo

O relator da proposta, Pastor Eurico (PL-PE), defende que “as relações homossexuais não proporcionam o ganho social” e, por isso, não podem contribuir “para a substituição geracional”.
infosul

10 de outubro de 2023

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Foto: Chuchart Duangdaw/Getty Images

A Comissão de Previdência, Assistência Social, Infância, Adolescência e Família da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira, dia 10 de outubro, o projeto de lei que desconsidera e proíbe o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo.

Foram 12 votos favoráveis e cinco contrários.

Para se tornar lei, a proposta ainda precisa passar pela Comissão de Direitos Humanos e também pela Comissão de Constituição e Justiça. Caso o texto seja aprovado nessas comissões, seguirá para o Senado.

O relator da proposta, Pastor Eurico (PL-PE), defende que “nenhuma relação entre pessoas do mesmo sexo pode ser equiparada ao casamento, à união estável e à entidade familiar”. Ele ainda argumenta que “as relações homossexuais não proporcionam o ganho social” e, por isso, não podem contribuir “para a substituição geracional”.

Caso seja sancionado, o projeto impacta decisões sobre a dependência econômica, pensão, herança, entre outros. Direitos esses que são garantidos às uniões homoafetivas desde 2011 por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), em entendimento ao que diz o Artigo 5º da Constituição Federal, que todos são iguais perante a lei.

Veja como foi o placar:

VOTOS FAVORÁVEIS AO PROJETO

– André Ferreira (PL-PE);
– Chris Tonietto (PL-RJ);
– Clarissa Tércio (PP-PE);
– Dr. Jaziel (PL-CE);
– Eli Borges (PL-TO);
– Filipe Martins (PL-TO);
– Messias Donato (Republicanos-ES);
– Pastor Eurico (PL-PE);
– Pastor Isidório (Avante-BA);
– Rogéria Santos (Republicanos-BA);
– Cristiane Lopes (União Brasil-RO);
– Priscila Costa (PL-CE).

VOTOS CONTRÁRIOS AO PROJETO

– Erika Hilton (Psol-SP);
– Erika Kokay (PT-DF);
– Laura Carneiro (PSD-RJ);
– Pastor Henrique Vieira (Psol-RJ);
– Tadeu Veneri (PT-PR).

Participe do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IXhqnkE5fa30TJd1Yu8IW7

Nos acompanhe também nas redes sociais: Instagram | Twitter | Facebook