Sábado, 20 de Julho de 2024
JORNALISMO COM
RESPONSABILIDADE
Layer 2
This is an empty menu. Please make sure your menu has items.

Após reunião, HNSC vai manter os atendimentos do SUS por pelo menos mais 30 dias

A Secretaria de Estado da Saúde apresentou encaminhamentos para sanar o impasse financeiro da unidade. Confira.
infosul

1 de julho de 2024

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Foto: Lucas Vieira | Infosul

O Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão, decidiu, em comum acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), manter os atendimentos SUS, ao menos, até agosto. A decisão foi tomada após reunião entre gestores da pasta e gerentes da Rede Santa Catarina, empresa responsável pela administração da unidade hospitalar.

Em fevereiro, após sucessivas tentativas de readequação do contrato vigente, o HNSC oficializou ao Governo do Estado que renunciaria os serviços de Pronto Atendimento Aberto, Maternidade, Pediatria, UTI Neonatal, UTI Pediátrica e Neurologia a partir do dia 1º de julho.

Segundo a administração da Rede Santa Catarina, o hospital de Tubarão projeta um déficit SUS superior a R$ 75,6 milhões para 2024, o que inviabilizaria a continuidade desses atendimentos. O impasse foi detalhado pelo Infosul em uma reportagem especial. Confira clicando aqui.

Com a prorrogação do prazo para análise do acordo, o Gerente Regional de Saúde de Tubarão, Hermes Costa Cardoso, destacou que o Estado mantém esforços para sanar os problemas existentes e que, de pronto, liberou uma parcela de R$ 3,6 milhões de um convênio já existente e que não havia sido pago.

Além disso, o profissional ressalta que a Secretaria de Estado da Saúde não considera a possibilidade dos serviços ameaçados deixarem de ser prestados na unidade. E, por essa razão, “colocou todos os gestos possíveis acerca de liberação da utilização de convênios anteriores em custeio de ações que o hospital pleiteou”.

Ainda durante o encontro, a SES apresentou todas as possibilidades de avançar no atendimento e no custeio de hospitais de grande porte, como é o caso do HNSC. Mas, que estas soluções envolvem discussões a nível do Sistema Único de Saúde, como a revisão da Rede Materno-Infantil e Rede Cegonha.

O Estado também transpareceu a necessidade de um planejamento a médio prazo, onde o município de Tubarão possa indicar como vai planejar o referenciamento dos atendimentos de urgência e emergência, que hoje procuram o hospital mas que são atenção básica. Esse levantamento deve ser iniciado já neste segundo semestre.

Por fim, a Rede Santa Catarina colocou que o cenário deficitário do HNSC não é exclusivo, mas que também acontece em outros hospitais da rede em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

“As tratativas continuam, mas a SES apresentou todos esses encaminhamentos e gestos visando a continuidade dos serviços e a superação deste momento”, destacou Hermes.

Participe do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IXhqnkE5fa30TJd1Yu8IW7

Nos acompanhe também nas redes sociais: Instagram | Twitter | Facebook

Notícias Relacionadas

Colunistas

Caio
Caio Maximiano
Esporte
Luciellen Lima
Luciellen Lima
Inclusão
Luiz Henrique
Luiz Henrique
Astrologia
Marcele Bressane
Marcela Bressane
Psicologia

Após reunião, HNSC vai manter os atendimentos do SUS por pelo menos mais 30 dias

A Secretaria de Estado da Saúde apresentou encaminhamentos para sanar o impasse financeiro da unidade. Confira.
infosul

1 de julho de 2024

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Foto: Lucas Vieira | Infosul

O Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão, decidiu, em comum acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), manter os atendimentos SUS, ao menos, até agosto. A decisão foi tomada após reunião entre gestores da pasta e gerentes da Rede Santa Catarina, empresa responsável pela administração da unidade hospitalar.

Em fevereiro, após sucessivas tentativas de readequação do contrato vigente, o HNSC oficializou ao Governo do Estado que renunciaria os serviços de Pronto Atendimento Aberto, Maternidade, Pediatria, UTI Neonatal, UTI Pediátrica e Neurologia a partir do dia 1º de julho.

Segundo a administração da Rede Santa Catarina, o hospital de Tubarão projeta um déficit SUS superior a R$ 75,6 milhões para 2024, o que inviabilizaria a continuidade desses atendimentos. O impasse foi detalhado pelo Infosul em uma reportagem especial. Confira clicando aqui.

Com a prorrogação do prazo para análise do acordo, o Gerente Regional de Saúde de Tubarão, Hermes Costa Cardoso, destacou que o Estado mantém esforços para sanar os problemas existentes e que, de pronto, liberou uma parcela de R$ 3,6 milhões de um convênio já existente e que não havia sido pago.

Além disso, o profissional ressalta que a Secretaria de Estado da Saúde não considera a possibilidade dos serviços ameaçados deixarem de ser prestados na unidade. E, por essa razão, “colocou todos os gestos possíveis acerca de liberação da utilização de convênios anteriores em custeio de ações que o hospital pleiteou”.

Ainda durante o encontro, a SES apresentou todas as possibilidades de avançar no atendimento e no custeio de hospitais de grande porte, como é o caso do HNSC. Mas, que estas soluções envolvem discussões a nível do Sistema Único de Saúde, como a revisão da Rede Materno-Infantil e Rede Cegonha.

O Estado também transpareceu a necessidade de um planejamento a médio prazo, onde o município de Tubarão possa indicar como vai planejar o referenciamento dos atendimentos de urgência e emergência, que hoje procuram o hospital mas que são atenção básica. Esse levantamento deve ser iniciado já neste segundo semestre.

Por fim, a Rede Santa Catarina colocou que o cenário deficitário do HNSC não é exclusivo, mas que também acontece em outros hospitais da rede em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

“As tratativas continuam, mas a SES apresentou todos esses encaminhamentos e gestos visando a continuidade dos serviços e a superação deste momento”, destacou Hermes.

Participe do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IXhqnkE5fa30TJd1Yu8IW7

Nos acompanhe também nas redes sociais: Instagram | Twitter | Facebook