Sábado, 20 de Julho de 2024
JORNALISMO COM
RESPONSABILIDADE
Layer 2
This is an empty menu. Please make sure your menu has items.

Alexandre de Moraes mantém prisão preventiva de “Fátima de Tubarão” pelo 8 de janeiro

A idosa foi detida na terceira fase da Operação Lesa Pátria, em 27 de janeiro do mesmo ano, 19 dias após os atos criminosos.
infosul

3 de julho de 2024

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, decidiu manter a prisão preventiva de Maria de Fátima Mendonça Jacinto Souza, conhecida como “Fátima de Tubarão”, por participação no ataque aos prédios dos Três Poderes, em Brasília, no dia 8 de janeiro de 2023.

A idosa foi detida na terceira fase da Operação Lesa Pátria, em 27 de janeiro do mesmo ano, 19 dias após os atos criminosos. Ela ganhou fama ao aparecer em um vídeo do dia do ato afirmando que havia defecado no prédio e que estava quebrando tudo. “Vamos pra guerra, vamos pra guerra. Vou pegar o Xandão agora”, ameaçou.

Fátima está presa na Penitenciária Sul de Criciúma após denúncia protocolada pela Procuradoria-Geral da República. A defesa apresentou recurso para retirá-la da cadeia sob alegação de problemas de saúde, porém, a decisão foi mantida em 3 de abril, 10 de outubro, 15 de dezembro de 2023 e em 3 de abril de 2024.

Participe do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IXhqnkE5fa30TJd1Yu8IW7

Nos acompanhe também nas redes sociais: Instagram | Twitter | Facebook

Notícias Relacionadas

Colunistas

Luciellen Lima
Luciellen Lima
Inclusão
Caio
Caio Maximiano
Esporte
Marcele Bressane
Marcela Bressane
Psicologia
Luiz Henrique
Luiz Henrique
Astrologia

Alexandre de Moraes mantém prisão preventiva de “Fátima de Tubarão” pelo 8 de janeiro

A idosa foi detida na terceira fase da Operação Lesa Pátria, em 27 de janeiro do mesmo ano, 19 dias após os atos criminosos.
infosul

3 de julho de 2024

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, decidiu manter a prisão preventiva de Maria de Fátima Mendonça Jacinto Souza, conhecida como “Fátima de Tubarão”, por participação no ataque aos prédios dos Três Poderes, em Brasília, no dia 8 de janeiro de 2023.

A idosa foi detida na terceira fase da Operação Lesa Pátria, em 27 de janeiro do mesmo ano, 19 dias após os atos criminosos. Ela ganhou fama ao aparecer em um vídeo do dia do ato afirmando que havia defecado no prédio e que estava quebrando tudo. “Vamos pra guerra, vamos pra guerra. Vou pegar o Xandão agora”, ameaçou.

Fátima está presa na Penitenciária Sul de Criciúma após denúncia protocolada pela Procuradoria-Geral da República. A defesa apresentou recurso para retirá-la da cadeia sob alegação de problemas de saúde, porém, a decisão foi mantida em 3 de abril, 10 de outubro, 15 de dezembro de 2023 e em 3 de abril de 2024.

Participe do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IXhqnkE5fa30TJd1Yu8IW7

Nos acompanhe também nas redes sociais: Instagram | Twitter | Facebook