Sábado, 22 de Junho de 2024
JORNALISMO COM
RESPONSABILIDADE
Layer 2
This is an empty menu. Please make sure your menu has items.

Águas superficiais dos rios de Tubarão são analisadas e resultados são divulgados

O pior Índice de Qualidade da Água (IQA) foi determinado no Rio da Madre, no limite com Laguna. Confira.
infosul

9 de junho de 2024

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

A Fundação Municipal de Meio Ambiente de Tubarão recebeu os resultados das análises físico-química e biológica das águas superficiais de nove rios de Tubarão.

No geral, as amostras apresentaram resultados satisfatórios. Nenhum parâmetro relacionado ao índice de toxidez superou os valores preconizados pela legislação.

Segundo divulgado, as amostras foram coletadas sempre em dois pontos distantes de cada manancial, para verificar o quanto as atividades socioeconômicas ali desenvolvidas estão interferindo na qualidade da referida área.

A qualidade do material coletado foi medida pelos números do Índice de Qualidade da Água (IQA), que vai de zero a 100, sendo que quanto mais próximo de 100, melhor a qualidade da água.

Os parâmetros que compõem esse índice são o Oxigênio Dissolvido, Coliformes Fecais, pH, Nitrogênio Total, Fósforo Total, Temperatura, Demanda Bioquímica de Oxigênio, Turbidez e Sólidos dissolvidos.

Conforme a pesquisa, o maior valor do IQA foi obtido no Rio Caruru, pela margem esquerda, no limite com Gravatal, cujo valor obtido foi de IQA = 70,8, sendo a água classificada como boa.

Já o pior valor de IQA foi determinado no ponto a jusante do Rio da Madre, antes de desaguar no Rio Tubarão, no limite com Laguna, cujo valor obtido foi de IQA= 24,1, classificada como uma qualidade de água ruim.

Confira os primeiros resultados obtidos com a devida classificação:

1 – Rio Tubarão

Local 1: IQA = 68,6 (BOA)
Local 2: IQA = 68,3 (BOA)

2 – Rio Pinheiros

Local 1: IQA = 70,8 (BOA)
Local 2: IQA = 48,7 (REGULAR)

3 – Rio da Madre

Local 1: IQA = 67,7 (BOA)
Local 2: IQA = 24,1 (RUIM)

4 – Rio Ilhota

Local 1: IQA = 61,5 (BOA)
Local 2: IQA = 29,7 (RUIM)

5 – Rio do Pouso

Local 1: IQA = 66,1 (BOA)
Local 2: IQA = 66,6 (BOA)

6 – Rio Corrêra

Local 1: IQA = 68,6 (BOA)
Local 2: IQA = 61,6 (BOA)

7 – Rio Caruru

Local 1: IQA = 68,8 (BOA)
Local 2: IQA = 50,8 (REGULAR)

8 – Rio Capivari

Local 1: IQA = 55,2 (BOA)
Local 2: IQA = 55,8 (BOA)

9 – Córrego Mesquita

Local 1: IQA = 64,4 (BOA)
Local 2: IQA = 28,6 (RUIM).

Participe do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IXhqnkE5fa30TJd1Yu8IW7

Nos acompanhe também nas redes sociais: Instagram | Twitter | Facebook

Notícias Relacionadas

Colunistas

Marcele Bressane
Marcela Bressane
Psicologia
Luciellen Lima
Luciellen Lima
Inclusão
Luiz Henrique
Luiz Henrique
Astrologia
Caio
Caio Maximiano
Esporte

Águas superficiais dos rios de Tubarão são analisadas e resultados são divulgados

O pior Índice de Qualidade da Água (IQA) foi determinado no Rio da Madre, no limite com Laguna. Confira.
infosul

9 de junho de 2024

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

A Fundação Municipal de Meio Ambiente de Tubarão recebeu os resultados das análises físico-química e biológica das águas superficiais de nove rios de Tubarão.

No geral, as amostras apresentaram resultados satisfatórios. Nenhum parâmetro relacionado ao índice de toxidez superou os valores preconizados pela legislação.

Segundo divulgado, as amostras foram coletadas sempre em dois pontos distantes de cada manancial, para verificar o quanto as atividades socioeconômicas ali desenvolvidas estão interferindo na qualidade da referida área.

A qualidade do material coletado foi medida pelos números do Índice de Qualidade da Água (IQA), que vai de zero a 100, sendo que quanto mais próximo de 100, melhor a qualidade da água.

Os parâmetros que compõem esse índice são o Oxigênio Dissolvido, Coliformes Fecais, pH, Nitrogênio Total, Fósforo Total, Temperatura, Demanda Bioquímica de Oxigênio, Turbidez e Sólidos dissolvidos.

Conforme a pesquisa, o maior valor do IQA foi obtido no Rio Caruru, pela margem esquerda, no limite com Gravatal, cujo valor obtido foi de IQA = 70,8, sendo a água classificada como boa.

Já o pior valor de IQA foi determinado no ponto a jusante do Rio da Madre, antes de desaguar no Rio Tubarão, no limite com Laguna, cujo valor obtido foi de IQA= 24,1, classificada como uma qualidade de água ruim.

Confira os primeiros resultados obtidos com a devida classificação:

1 – Rio Tubarão

Local 1: IQA = 68,6 (BOA)
Local 2: IQA = 68,3 (BOA)

2 – Rio Pinheiros

Local 1: IQA = 70,8 (BOA)
Local 2: IQA = 48,7 (REGULAR)

3 – Rio da Madre

Local 1: IQA = 67,7 (BOA)
Local 2: IQA = 24,1 (RUIM)

4 – Rio Ilhota

Local 1: IQA = 61,5 (BOA)
Local 2: IQA = 29,7 (RUIM)

5 – Rio do Pouso

Local 1: IQA = 66,1 (BOA)
Local 2: IQA = 66,6 (BOA)

6 – Rio Corrêra

Local 1: IQA = 68,6 (BOA)
Local 2: IQA = 61,6 (BOA)

7 – Rio Caruru

Local 1: IQA = 68,8 (BOA)
Local 2: IQA = 50,8 (REGULAR)

8 – Rio Capivari

Local 1: IQA = 55,2 (BOA)
Local 2: IQA = 55,8 (BOA)

9 – Córrego Mesquita

Local 1: IQA = 64,4 (BOA)
Local 2: IQA = 28,6 (RUIM).

Participe do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IXhqnkE5fa30TJd1Yu8IW7

Nos acompanhe também nas redes sociais: Instagram | Twitter | Facebook