Risco Moderado: Amurel apresenta melhora na Matriz de Risco Potencial Regionalizado da Covid-19

Imagem: Secom

Mantendo pela quarta semana consecutiva uma tendência de redução das taxas de transmissão e do registro de casos graves e mortes por Coronavírus no Estado, a Matriz de Risco Potencial Regionalizado divulgada no último sábado, dia 30, aponta nove regiões como risco potencial moderado (cor azul) e oito regiões como risco potencial alto (cor amarela).

Houve melhora nos indicadores das regiões Carbonífera, Extremo Sul, Grande Florianópolis, Laguna, Meio Oeste, Serra Catarinense e Vale do Itapocu, que na semana anterior estavam classificadas como nível alto (amarelo), e passaram a ser classificadas como nível moderado (azul), se juntando as regiões do Alto Vale do Itajaí e Alto Vale do Rio do Peixe, que se mantiveram no nível moderado (azul). Já nas regiões da Foz do Rio Itajaí e Oeste, que na semana anterior estavam classificadas como nível moderado (azul), passaram a ser classificadas como nível Alto (amarelo), por apresentarem uma manutenção dos indicadores de gravidade e uma elevação no número de casos confirmados ao longo da semana.

As regiões em risco alto são Alto Uruguai Catarinense, Extremo Oeste, Foz do Rio Itajaí, Médio Vale do Itajaí, Nordeste, Oeste, Planalto Norte e Xanxerê.

Avanço da Vacinação é a grande responsável pela melhora nos indicadores

O aumento na Cobertura Vacinal em Santa Catarina permanece sendo um fator essencial na melhora dos indicadores da Matriz de Risco em todas as regiões do Estado. Nessa semana Santa Catarina ultrapassou a marca dos 10,1 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 aplicadas, das quais, 4,27 milhões já receberam a segunda dose ou dose única, estando completamente imunizados (59% da população total). Além disso, 290.182 idosos e trabalhadores de saúde já receberam a dose de reforço e 12.970 pessoas com imunossupressão grave receberam doses adicionais. É a partir do aumento da cobertura vacinal que tem sido possível reduzir a gravidade da pandemia no estado, que conta com a variante Delta do coronavírus como sendo o responsável pelo maior número de infecções neste momento.

Clique Aqui e siga o perfil do Portal Infosul no Instagram.

Participe do grupo de WhatsApp do Portal Infosul e fique sempre atualizado do que acontece na região: https://chat.whatsapp.com/EhO3X1Z07wbEQ28ZrgkXvs