Homem confessa ter matado moradora de Laguna asfixiada

Foto: reprodução

Um homem de 27 anos, natural de Campos Novos, confessou ter matado a moradora de Laguna, de 40 anos, asfixiada com um fio de telefone, no bairro Barbacena, em Laguna, nesta quinta-feira, dia 13. 

À polícia, o criminoso relatou que realizou programas sexuais com a vítima durante a madrugada, mas que ambos se desentenderam pela manhã. Ele alegou legítima defesa, mas a versão foi contestada pelo delegado Bruno Fernandes, responsável pela investigação do caso.

“A prova pericial, realizada pelos excelentes peritos de Laguna e região, deixa claro que a vítima foi bastante agredida na cabeça, possivelmente antes mesmo de ser asfixiada, o que acaba por derruir a tese levantada e se contrapor à versão apresentada pelo investigado, tudo a sinalizar eventual prática de homicídio doloso qualificado”, declarou.

O rapaz foi encontrado caminhando no Centro da Cidade Juliana após inúmeras informações repassadas por policiais civis e militares do PPT e da Agência de Inteligência. Há indícios que os dois se encontraram diversas vezes na quarta, dia 12, e quinta, 13. Inclusive, foram até um banco no centro da cidade para sacar dinheiro. 

Contra o agressor já há um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas.

Clique aqui e siga o perfil do Portal Infosul no Instagram.

Participe do grupo de WhatsApp do Portal Infosul e fique sempre atualizado do que acontece na região: https://chat.whatsapp.com/EhO3X1Z07wbEQ28ZrgkXvs